GaphP

XAML e C#

E ai turma, todos bem?

Estávamos conversando com alguns leitores e muitos pediram para falar sobre as diferenças e vantagens entre o uso de XAML ou C#. Vamos entender as diferenças, vantagens e desvantagens da utilização de cada um?

XAML

A XAML (Extensible Application Markup Language) – pronuncia-se ‘zamel‘ – é uma linguagem de marcação, assim como o HTML. O XAML é aplicado no ambiente de desenvolvimento .NET, sendo utilizado para a criação de UI’s de forma rápida, além de auxiliar na organizar o código. A iniciativa de uso começou no WPF.

Diferente do HTML e outras linguagens de marcação que, normalmente, interpretam os componentes em tempo de execução, ao criar a UI e e seus componentes com o XAML, o .NET Framework é responsável por ler o arquivo de UI, criar os objetos em uma partial class e compilá-lo.

Todo componente no XAML é representado pela abertura e fechamento de TAG’s assim como no HTML. Essas TAG’s podem possuir propriedades a serem preenchidas para a customização do componente e atribuição de eventos.

Os maiores diferenciais no uso do XAML é a utilização do padrão MVVM de forma facilitada, além da organização do código, onde existe a separação da parte Lógica e da parte Gráfica.

A falta de uma extensão intellisense para o desenvolvimento das telas, além de falhas no XAML Compiler do Xamarin (ainda em fase de evolução) são duas desvantagens relevantes no uso do XAML com o Xamarin.Forms.

C#

O C# é um das linguagem utilizadas pelo Xamarin para a criação dos aplicativos. Para a criação da UI é necessário criar uma classe e fazê-la  herdar uma das classe do Xamarin.Forms, como a ContentPage ou a TabbedPage para que, dessa forma , consiga-se preencher as propriedades content e childrens disponibilizando os componentes na tela.

A vantagem é a possibilidade de usar o intellisense do próprio Visual Studio ou Xamarin Studio, agilizando assim  o desenvolvimento e também a compilação direta das classes, sem a necessidade do XAML Compiler ler o arquivo de XAML.

Entre as desvantagens de usar o code behind para o desenvolvimento da UI podemos citar a dificuldade em organizar a UI e customizar os componentes e o alto acoplamento.

Unificando as soluções.

Teoricamente, pode-se dizer que o mais correto é saber utilizar as duas maneiras de desenvolvimento de forma equilibrada, aprendendo a identificar os componentes que devem ser criados na construção da página e os que devem ser inseridos conforme a aplicação for utilizada.

Podemos destacar os pontos em que há a necessidade e melhor prática no uso do XAML juntamente com o C# para a programação. Tais pontos seriam:  a criação de converters, a apropriação de eventos, a manipulação de propriedades durante o uso da aplicação e a criação de componentes reutilizáveis, que muitas vezes são desenvolvidos apenas com o C# mas podem ser chamados nas UI’s por meio da linguagem XAML.

Durante esse mês, vamos criar alguns exemplos mostrando o uso do XAML e C#, com algumas práticas legais e a apresentação de várias propriedades que se tornam essenciais ao utilizar o Xamarin.Forms.

 

Veja alguns exemplos de XAML e C# feitos por nós:

Exemplo 1 (Consumindo um Serviço REST API com Xamarin)

Exemplo 2 (Trabalhando com listas)

XAML e C#
5 (100%) 1 voto

Rafael Moura

Desenvolvedor .NET, mais de 5 anos de experiência, apaixonado por tecnologia, Xamarin Student Partner Regional Lead Central/South America, Xamarin Comunity Speaker, Xamarin Certified Mobile Developer e Windows Phone Developer.

3 comentários em “XAML e C#

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: